Skip to main content
pagar com bitcoin

O que eu posso comprar com os meus Bitcoins?

O bitcoin e outras criptomoedas, estão mudando a vida de milhares de pessoas nos mais diferentes aspectos. Carro, viagens, apps: já passam de 11 mil os estabelecimentos que incluem a criptomoeda como forma de pagamento.

Usar moedas virtuais para a aquisição de produtos e serviços começa a ficar cada vez mais comum. Conseqüentemente, carteira no bolso pode se tornar uma raridade no futuro.

Bitcoin

Lista de serviços

A lista de serviços que podem ser pagos em criptomoedas só aumenta.  A Microsoft  vende em bitcoins apps, músicas e jogos de Xbox na sua loja virtual. A Bloomberg.com aceita bitcoin de seus assinantes, e o aplicativo de relacionamento OkCupid libera uma lista de recursos premium em troca das moedas virtuais. Empresas como a Dell já aceitam o pagamento de seus novos aparelhos. Sejam eles PCs comuns, notebooks ou máquinas gamers, e até de acessórios. Basta acessar a loja online da empresa e partir para as compras.

As universidades de Lucerne, na Suíça, e Draper, na Califórnia, aceitam bitcoins no pagamento de suas mensalidades e devem ser seguidas por outras faculdades ao redor do mundo.

No Brasil, é possível encontrar estúdios de fotografia, serviços de informática, clínicas de estética e outros estabelecimentos que já trocam serviços por moedas virtuais.

 

Como funciona?

Para poder desfrutar de cada um dos serviços  disponíveis, você precisará usar o conceito de carteira virtual. Essa carteira virtual pode ser tanto online quanto offline, ainda assim é nela que você guardará todos os seus Bitcoins.

Quando você quer comprar algo na internet usando o Bitcoin, você deverá transferir da sua carteira para a carteira da empresa da qual está comprando o bem ou o serviço. As carteiras são identificadas por códigos formado por letras e números extensos.

Você deverá usar uma casa de câmbio para transferir os Bitcoins, há várias tanto no Brasil, como no exterior. Aí basta acessar a parte de transferir criptomoedas e informar de qual carteira ela vai sair para qual carteria ela vai entrar e pronto. Dependendo da casa de câmbio poderá ser cobrada uma pequena taxa para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *