Skip to main content
criptomoedas

Sete passos para seu dinheiro render com criptomoedas

As criptomoedas podem ser uma ótima opção de investimento. Entenda o que são as moedas virtuais e como investir com segurança nesse novo mundo.

Já se passaram dez anos desde que o bitcoin surgiu e deu início a um futuro em que as moedas não dependem de bancos centrais para existir. De 2008 para cá, dois fenômenos importantes aconteceram: a moeda se valorizou absurdamente – dos iniciais US$ 0,003, hoje 1 bitcoin vale US$ 8.185. Ainda que a cotação tenha dado saltos e tomado tombos, a tendência, em longo prazo, é de crescimento. Quando se consolidar, o bitcoin vai ser tornar um ativo tão valioso quanto o ouro – será o ouro da internet.

O outro fenômeno foi a criação de centenas de criptomoedas. Muitas delas passaram a ser usadas para projetos de financiamento coletivo, outras começaram a revolucionar dezenas de setores da economia. Ou seja: as moedas virtuais são uma tendência inovadora. E tudo nesse universo é muito novo e cheio de oportunidades.

Quer fazer parte do futuro? Então siga estes sete passos para investir com segurança.

  1. Faça a lição de casa: 

    O bitcoin continua sendo a moeda mais comercializada, mas existem muitas opções. Para escolher uma moeda virtual, pesquise seu histórico e sua cotação.

  2. Entenda a tecnologia: 

    Não entre no mundo das moedas cripto só pelo hype. Saiba como elas funcionam, pelo menos o básico – resposta curta: são baseadas em blockchains, cadeias de blocos de dados com criptografia.

  3. Programe-se:

    Investir em criptomoeda não é tão diferente de investir no mundo “real”. É preciso programar quanto você vai colocar, e por quanto tempo e com qual objetivo.

  4. Crie sua carteira digital: 

    É bastante simples abrir uma conta pessoal – em geral, basta informar alguns dados pessoais, como o número do RG, com foto.

  5. Cuide da segurança: 

    De nada adianta a plataforma ser confiável e o blockchain garantir a legitimidade das transações se você compartilhar suas senhas de acesso.

  6. Seja cauteloso: 

    Esse ainda é um mercado que oscila muito. Por isso, sair correndo na primeira baixa, ou tentar sacar o dinheiro quando a cotação subir do dia para a noite, não é nada indicado.

  7. Peça ajuda: 

    Você até pode fazer tudo isso sozinho. Mas existem no mundo, corretoras de confiança, que aumentam a segurança para o investidor e ajudam a atuar de forma eficiente e ágil. Assim você potencializa seus lucros!

Quais criptomoedas comprar? Aprenda a analisar

Com o crescimento do mercado de criptomoedas, cada vez mais pessoas estão ganhando muito dinheiro e vendo valorizações astronômicas nos seus investimentos. Mas existem milhares de moedas virtuais diferentes, como saber qual delas você deve comprar? Não existe fórmula mágica, o que existe são procedimentos sensatos que quando seguidos adequadamente, podem gerar ótimos resultados.

 

Entenda a proposta da criptomoeda

Qual o problema que essa criptomoeda está se propondo a resolver? Já sabemos que o Bitcoin se propõe a resolver o problema das transações financeiras, permitindo que cada usuário seja seu próprio banco, sem depender de intermediários, é uma enorme inovação.

É fundamental entender exatamente qual o diferencial da criptomoeda que você está analisando, se existem vantagens, conceitos inovadores, e não apenas isso, mas se esses conceitos fazem sentido e têm potencial de serem utilizados massivamente no futuro.

Para conhecer a proposta, visite o site da moeda, assista os vídeos instrutivos, dê uma analisada (mesmo que seja superficial) no white paper da moeda.

 

Descubra quem é a equipe que está desenvolvendo a criptomoeda

Procure no website pelo “team” da moeda, ou seja, quem são as pessoas que estão por trás do projeto. Geralmente as criptomoedas mostram não apenas os nomes das pessoas, mas também mostram seus perfis, títulos acadêmicos, experiências, etc. Isso é muito importante! Um bom projeto precisa de uma boa equipe.

 

Considere o market cap da moeda

Market cap é o volume financeiro associado à moeda. No site Coinmarketcap você pode descobrir isso facilmente, inclusive comparando com outras criptomoedas.

Market caps grandes significam que a moeda é bastante popular, possuindo muitos investidores. Isso é um sinal positivo por um lado, afinal mostra que mais pessoas estão acreditando no projeto. Por outro lado, é um sinal negativo, pois talvez represente que a moeda tem pouco espaço para crescer e valorizar mais.

Não se iluda investindo em moedas apenas por que elas estão “baratas”. Lembre-se sempre que o mercado não é bobo, se uma moeda está barata deve ser por que não tem muito valor e você pode perder todo o seu capital. Invista primeiro em fundamentos, depois cogite o potencial. Até por que potencial é algo relativo, é possível que uma moeda que esteja em 3º lugar geral em market cap (ou seja, aparentemente já está muito valorizada) cresça ainda muito mais e supere o próprio Bitcoin. Quem irá definir isso são os fundamentos. Então coloque isso em primeiro lugar sempre.